quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

Métodos Aplicados


  • Método Péladan (5 cartas): desenvolvido pelo abade francês Joséphin Péladan, este método é baseado no símbolo da CRUZ e as cartas respondem perguntas específicas, situações objetivas do momento vivenciado pelo consulente, indicando os caminhos futuros da questão formulada. Aplica-se em nível de orientação e divinatório.
  • Método do Mandala (13 cartas): é o mais propício ao exercício do autoconhecimento, um dos métodos mais complexos e completos para a interpretação dos Arcanos, não há a necessidade de perguntas para a utilização desse método, cada Casa onde serão dispostas as cartas focaliza uma área do universo humano e tem seu significado particular. A força dos Arcanos mostram o caminho iluminado da transformação. Aplica-se em nível de orientação e divinatório.
  • Método Conselho do Mestre (1 carta): fornece um aconselhamento geral para o momento do consulente, uma atitude pessoal, através de um Arcano Maior e um Arcano Menor. Aplica-se em nível de orientação.
  • Obs.: Não importa qual seja o método, a tiragem das cartas é composta de 1 Arcano Maior e 1 Arcano Menor. 

Nenhum comentário: