quinta-feira, 5 de março de 2009

ARCANO 18 - A LUA

"Irmão das coisas fugidias, não sinto gozo nem tormento.
Atravesso noites e dias no vento.
Se desmorono ou se edifico, se permaneço ou me desfaço,
- não sei, não sei. Não sei se fico ou passo."










Nenhum comentário: